João Borges regressa à competição, mas sem grandes ambições em termos de resultados

O regresso à competição da dupla João Borges/Sandro Laranjo, que se sagrou tricampeã de ralis do Canal há dois anos, é uma das surpresas da lista de inscritos no XXVII Rali Ilha Azul – Além Mar, que vai decorrer sexta e sábado na ilha do Faial.

A equipa faialense, que vai para a estrada no Subaru Impreza, não tem, no entanto, grandes ambições, em termos de resultados finais, uma vez que esta participação no rali é apenas “esporádica”.

“Não temos ritmo competitivo, nem preparei o carro como devia”, admite João Borges, adiantando que a sua participação no Ilha Azul, surgiu da insistência dos amigos e também do reduzido número de pilotos locais inscritos na prova.

O piloto faialense diz que o seu principal objetivo é chegar ao fim do rali, de preferência, à frente dos carros com apenas duas rodas motrizes, alguns dos quais – adverte – prometem mostrar um andamento muito rápido.

João Borges não afasta, no entanto, a possibilidade de um eventual regresso à competição no próximo ano, embora faça depender essa participação dos apoios financeiros e da sua disponibilidade profissional, que tem sido pouca ao longo deste ano.

Modestas são também as ambições das restantes equipas do Faial inscritas no XXVII Rali Ilha Azul – Além Mar, prova organizada pelo CAF – Clube Automóvel do Faial.

Sérgio Rosa e Rui Correia, em Renault Clio, também ambicionam “chegar ao fim”, sem a preocupação de tentar obter grandes resultados nesta prova: “Em termos mecânicos, o meu carro está bom, mas reconheço que frente a outras máquinas mais recentes e mais competitivas, não tenho capacidade de lutar por uma vitória na classe”.

Chegar ao fim, é também a ambição de Mário Rui Nunes, que faz dupla com Carlos Rodrigues, em Nissan Micra, que está de volta aos ralis depois de um período de paragem: “Estive muito tempo parado, por isso, as ambições não são muitas nesta altura”.

Expetativas semelhantes têm Luís Fialho e Marco Azevedo, em Toyota Yaris, cuja principal preocupação é concluir o rali, de preferência, entre os primeiros da sua classe: “Vamos tentar fazer o nosso rali, porque nos anos anteriores as coisas não têm corrido muito bem, devido a desistências por avarias e toques”.

Concluir o rali “sem danos de maior” é também a ambição do piloto José Salgado, que faz equipa com Emanuel Silva, em Suzuki Swift, que participam no Rali Ilha Azul – Além Mar pelo “gosto” e pelo “convívio” entre os amantes dos ralis.

Sem grandes ambições está também a única equipa feminina em prova, Viviana Azevedo/Fátima Silveira, em Opel Corsa, que volta à estrada com o intuito de se divertir, sem preocupações em matéria de resultados.

O XXVII Rali Ilha Azul – Além Mart, que conta para o Campeonato de Ralis dos Açores, para o Troféu de Ralis do Canal e para o Troféu Paulo Jorge Raposo, arranca 6ª feira com a super-especial da Praia do Almoxarife, prosseguindo no sábado, com quatro troços em linha.

A anteceder a prova, amanhã, quinta-feira, no Largo do Infante, pelas 20 horas, será feita a apresentação pública das 28 equipas inscritas.

O Gabinete de Imprensa do CAF

04 de Maio de 2016